Preguiça de estudar alemão todo dia

Derrotando a preguiça de estudar alemão todo dia

Você chora de preguiça de estudar alemão todo dia? Cansou de ouvir todo mundo dizer que precisa estudar sempre alemão para não enferrujar?

Sinto dizer, mas é tudo verdade.

A notícia boa é que existe um jeito leve e blindado à prova de preguiça para criar o hábito de estudar alemão.

Criar o  hábito de estudar alemão todo dia rende muito e custa pouco

Mais do que genialidade ou bênção divina, estudar alemão é uma questão de persistência. Precisa mesmo estudar com regularidade e, se possível, ao longo de várias semanas.

Para muitas pessoas, é difícil manter essa disciplina. Mesmo quando a vontade de aprender alemão é grande, a preguiça acaba superando. Quando menos se espera, os exercícios do livro estão todos em branco e o estudo já foi para o buraco.

Resolver esse problema é simples e não requer nada além do que você já tem no momento. O grande segredo para não deixar seu alemão enferrujar é criar microrrotinas de estudo no seu cotidiano.

Isso pode exigir algum esforço da sua parte, sim.

A notícia boa é que essa quantidade de esforço está bem ao seu alcance, mesmo que você não se considere lá a pessoa mais esforçada desse mundo.

Valerá muito a pena ver quando você notar que não esqueceu nenhuminha palavra da sua lição de alemão. Eu prometo!

Para construir uma microrrotina, você só precisa seguir três passos simples.

Encadeando hábitos

A primeira coisa que você deve fazer é encontrar um hábito que você já tem.

E, a não ser que você seja o »Deus da Aleatoriedade«, você com certeza tem algum hábito já automatizado no seu cotidiano – nem que seja dormir e acordar!

O truque é simples: conecte esse hábito já estabelecido com uma tarefa simples relacionada ao estudo de alemão.

O seu hábito antigo pode ser qualquer rotina banal do dia-a-dia: fazer o mesmo trajeto no ônibus todos os dias, almoçar sempre no mesmo horário, ligar sempre o computador do trabalho, etc.

A sua nova tarefa deve ser algo simples e concreto: fazer uma sessão no seu aplicativo favorito, assistir um vídeo em alemão, revisar a lista de vocabulário, escutar uma música em alemão, etc.

Pegue um lápis e um papel. Desenhe uma tabela com duas colunas. Na primeira coluna, faça uma lista de hábitos já existentes na sua vida. Na segunda coluna, enumere as tarefas do seu estudo de alemão.

Não continue a ler esse post antes de desenhar essa tabela!

Por exemplo: se você termina de almoçar sempre às 12:45, programe-se para fazer uma sessão no seu aplicativo favorita logo após o almoço.

Se você faz o mesmo trajeto de ônibus todos os dias, programe-se para escutar músicas em alemão sempre que estiver dentro do ônibus.

Se você vai dormir sempre no mesmo horário, programe-se para assistir um vídeo curto no YouTube em alemão sempre antes de escovar os dentes.

Programar esses gatilhos automáticos não é tão difícil quanto parece. Eles vencem facilmente a preguiça quando você usa como ponto de apoio um hábito que já está tão automatizado que você nem percebe.

Agora, crie um micro-gatilho usando a fórmula: »sempre que [hábito antigo], irei [nova tarefa]«

Mantenha a regularidade a todo custo

O mais importante é que você se comprometa a sempre cumprir a nova tarefa.

Por isso, ela precisa ser minúscula e ridiculamente simples.

À primeira vista, você pode achar que isso é menos do que você pode fazer e que isso não vai te fazer avançar no alemão.  Não caia nesse erro! É melhor começar em microporções e ir aumentando a dose com o tempo do que começar com energia total e desistir no meio.

Não tente atingir o grandioso sem primeiro conseguir dar conta do banal.

Não se apresse. Não se precipite tentando aumentar a dose Mais importante do que o tamanho do exercício é a frequência regular.

Uma dica prática para garantir a regularidade: compre um pequeno calendário anual (de mesa), e risque cada dia que você tiver cumprido o novo hábito

É a mesma lógica dos exercícios físicos. Ninguém é sedentário em um dia e corre 10 quilômetros no dia seguinte.

Repita o seu novo hábito até que ele se torne natural e espontâneo. É por isso que ele precisa ser pequeno: é difícil encarar  grandes sacrifícios logo de cara!

Quando esse novo hábito se tornar tão automático que você nem percebe mais, aí sim você pode aumentar a dose nos estudos. É isso que decidirá o seu sucesso.

As conquistas essenciais são invisíveis aos olhos

Se você não perceber nenhuma grande diferença logo de cara, não se preocupe. Normalmente, esse método leva uma ou duas semanas para surtir efeito.

Na verdade, o sinal de que seu estudo está funcionando é meio sutil, quase imperceptível!

Se você notar que não está mais fazendo esforço para estudar alemão, então é porque as coisas estão no caminho certo. Outro indício positivo é a leveza. Agora que o alemão está integrado na sua rotina diária ou semanal, você não precisa mais brigar contra a preguiça e ficar cancelando programas para estudar alemão.

Tudo já está bem programado no seu cotidiano e você só precisa respeitar a regra que estabeleceu para si.

Resumindo: a sua rotina de estudos é mais eficiente quando demanda menos esforço!

mais dicas de alemão

E aí, você gostou das nossas dicas para conseguir estudar alemão todo dia? Já experimentou estudar assim alguma vez? Conte para nós ali nos comentários! Vamos adorar ouvir a sua opinião 🙂

 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

3 comentários a “Derrotando a preguiça de estudar alemão todo dia”

  1. Gostei dessa idéia de associar com outros hábitos. Atualmente estou tentando criar o hábito de estudar uma hora por dia.

    1. Olá, Paulo! Se eu fosse te dar uma sugestão, tente começar com quinze minutos diários. Se você conseguir cumprir rigorosamente todos os dias durante uma 10 dias, aumente a dose para meia hora. Se tudo der certo, em mais de dias, você consegue aumentar a dose para uma hora sem correr o menor risco de desistir. Boa sorte!

Deixe um comentário!