destravar a língua em alemão

Gambiarras linguísticas para destravar a língua em alemão

Falar em alemão com desenvoltura pode parecer uma meta impossível. Conseguir processar tantos detalhes de gramática em tempo real exige muita energia mental mas essas gambiarras linguísticas vão destravar sua língua. Confira nossas dicas e nunca mais perca o fio da meada de uma conversa.

alemão pronúncia

Transforme adjetivos em substantivos

Com essa técnica simples, você consegue duplicar o seu vocabulário sem ocupar o dobro de espaço no seu HD mental. Você só precisa conseguir converter um adjetivo em substantivo e a mágica já está feita! Você ainda não sabe como fazer isso?

É muito simples.

Acrescente um artigo definido (der/die/das) na frente de um adjetivo de sua preferência e decline o adjetivo conforme o caso exigido pela frase (-e/-en). Também não se esqueça de grafar a inicial maiúscula, assim como todo substantivo em alemão.

Está pronto!

Veja como essa técnica simples funciona nesses exemplos:

  • schön (bonito/a) ̣— der/die Schöne (o bonito / a bonita)
  • neu (novo) — der/die Neue (o novo / a nova)
  • intelligent (inteligente) — der/die Intelligente (o inteligente / a inteligente)
  • wesentlich (essencial) — das Wesentliche (o essencial)
  • folgend (seguinte) — das Folgende (o seguinte)

Se você precisar usar um artigo indefinido (ein/eine/einen/einem/…) ao invés de um artigo definido (der/die/das), lembre-se de adaptar as declinações do substantivo. Veja como ficariam alguns exemplos no caso nominativo:

  • der Schöne (o belo) — ein Schöner (um belo)
  • die Intelligente (a inteligente) — eine Intelligente (uma inteligente)
  • das Weitere (o próximo) — ein Weiteres (um próximo)

Simples, não?

Além de deixar suas frases mais leves, essa técnica vai multiplicar o seu vocabulário demandando um esforço mínimo. Não dá para dispensar toda essa eficiência assim de graça, né?

gambiarra em alemão

Verbos coringa na manga

Nunca saia de casa sem uns verbos coringa na manga. Eles são poucos, mas funcionam bem em tantas situações que você vai se perguntar porque não prestou atenção nisso antes!

Por serem mais genéricos, os verbos coringa se deixam combinar facilmente com uma infinidade de substantivos. Apesar de não parecer, essa flexibilidade na combinação de palavras traz uma vantagem enorme!

Sabe aquele monte de tralha que a gente fica acumulando em casa e tem pena de jogar fora só porque a gente acha que talvez vá precisar algum dia? Pois bem. Sem perceber, você pode estar entulhando sua memória com um monte de verbos desnecessariamente específicos só porque “nunca sabe quando vai precisar”.

Expandir vocabulário é sempre uma boa ideia, sabe? Mas ficar arrastando por aí um saco enorme de verbos que só são utilizados de vez em nunca pode estar cansando a sua memória e prejudicando sua performance na conversação em alemão.

Quer ver como isso funciona na vida real?

Falar muitas línguas

Se você ainda tem dificuldades de deixar engatilhado na ponta da língua o verbo üben (“exercitar”), experimente trocar por Übungen machen (“fazer exercícios”). Uma frase relativamente sofisticada como ich verhungere pode ser substituída por um simples e funciona Ich habe Hunger sem prejuízo nenhum de sentido (“estou com fome”). O verbo haben, aliás, é um dos mais flexíveis e, com um pouquinho de habilidade, dá para umas construções bem chiques até!

Experimente suas próprias gambiarras com verbos coringa e sinta na própria pele seu alemão decolando 😉

Substantivos genéricos

Não há como negar: memorizar substantivos é uma das coisas mais trabalhosas na hora de aprender alemão. A quantidade de objetos e conceitos a nomear é desgraçadamente grande e não há nada que você nem eu possamos fazer a respeito.

Exceto se a sua criatividade for maior do que a sua preguiça!

Mesmo que você saiba de cor alguns substantivos mais usados, sempre tem aquela situação em que dá branco naquela palavrinha bem específica que você precisava justamente agora.

Para escapar da saia justa nessa hora, a solução é ter sempre preparado um substantivo bem genérico. Esqueceu o nome da coisa bem na hora H? É só soltar o bom e velho Ding (coisa) que está tudo resolvido!

Se você quiser disfarçar a lacuna de vocabulário e ainda se fazer de cool, use a variante coloquial Dingsbums e mantenha a pose que ninguém vai perceber!

Você pode complementar ainda o Ding com outras informações sobre a função, a forma ou a aparência do objeto.

Por exemplo, se você quer se referir à “toalha de banho” mas não se lembra a palavra certa, tente algo como Ding zum Trocknen (coisa para secar).

Vocabulário em alemão

Tudo bem, essa não é a solução mais elegante do mundo. Mas vamos lá: estamos falando de gambiarras aqui, não é mesmo?! Não dá para esperar que, além de te salvar do aperto, a gambiarra ainda fique sofisticada e elegante.

Se bem que, se você treinar bastante, as pessoas nem notam mais! Repare bem e veja que substantivos como Leute (pessoas), Kramm (papelada), Angelegenheit (questão), Sache (coisa; questão) aparecem frequentemente em textos até formais e ninguém parece se incomodar com isso.

Resumindo: jamais saia de casa sem seu maço de substantivos genéricos na manga.

Frases durepox

Abra os ouvidos e repare: os alemães sempre usam umas frases estratégicas que soam muito bonitas

Elas servem para emendar assuntos em diversas situações e, com um pouquinho de tato e jogo de cintura, dá para ir colando várias delas e deixar a conversa mais fluida.

Weißt du was? …
Hör mal zu! …
Mich würde interessieren, …
Man könnte sagen, dass …
Zudem würde ich sagen, dass …
Was meinst du denn damit?
Ich kann mir vorstellen.

Essa estratégia costuma funcionar muito bem em rotinas comunicativas. Repare bem: na maior parte das situações do dia-a-dia, a gente acaba repetindo sempre as mesmas fórmulas e não há espaço para ficar inventando moda, sabe? Mesmo se você dominar umas variantes sofisticadas para agradecer em alemão, o bom e velho Vielen Dank (“muito obrigado”) continua eficiente e funcional naquela hora do aperto.

Memorize umas três ou quatro frases dessas para sacar do bolso e lembre-se de não abusar. Se você usar frases durepox demais, seu alemão corre o risco de se rasgar inteirinho no meio da conversa e nem eu nem você queremos que isso aconteça.

Economizando nas conjugações

Um dos problemas que mais causam atrapalhações na hora de falar são as conjugações de verbos, principalmente dos irregulares. Às vezes, você acerta tudo direitinho na frase e, bem na hora de conjugar o verbo … bem, já sabe né?!

Vamos concordar: é bem irritante ter de ficar memorizando infinitas irregularidades e exceções. Mas temos para isso uma gambiarra bem sutil para driblar esse problema.

Como? É muito simples.

Evite as segundas pessoas – do singular (du) e do plural (ihr). Assim, você precisará memorizar apenas três terminações diferentes:

  • -e  (ich – primeira pessoa do singular)
  • -t (er/sie/es – terceira pessoa do singular)
  • -en (wir/sie/Sie – primeira pessoa do plural / Terceira pessoa do plural / Pronome de tratamento formal)

Não tem erro.

A eficiência dessa gambiarra se resume a usar e abusar do Sie com pessoas desconhecidas na rua ou no ambiente de trabalho sem nenhum medo de errar. Inclusive, se você estiver se dirigindo várias pessoas, o Sie pode funcionar também sem grandes ruídos na comunicação.

Esse improviso verbal só vai te constranger se você estiver falando com pessoas muito próximas ou de contato familiar. Caso contrário, pode usar à vontade que é sucesso garantido!

Principalmente se você está na Alemanha a trabalho e não tem muito contato de caráter pessoal, essa tática acelera demais a sua fluência, já que você está livre da obrigação de ficar armazenando na memória um calhamaço de exceções e flexões irregulares.

Vamos lembrar essa situação não é ideal (lembre-se: gambiarras sempre serão gambiarras). De todo modo, ela dá conta de uns bons 90% de todas as situações comunicativas do seu cotidiano.

Economizando ainda mais nas conjugações

Aqui, você vai precisar de um pouquinho mais de jogo de cintura, mas a coisa funciona bem se você dominar a semântica dos verbos modais.

A dica é simples e eficaz: sempre que puder, use uma frase com verbo modal.

A ideia básica aqui é que você precisa memorizar apenas a conjugação dos verbos modais:

  • wollen
  • müssen
  • dürfen
  • sollen
  • können

Ou seja, dominando malandramente cinco míseros verbos, a sua vida já está resolvida!

Como o verbo principal fica sempre no infinitivo, você economiza vários Gigabytes cerebrais, que você poderá dedicar para processar outras coisas mais urgentes no calor da conversa – vocabulário, por exemplo!

Se você tiver a esperteza de usar essa dica aqui junto com a dica anterior, aí sua fluência vai deslanchar de vez! No final das contas, você só precisa memorizar duas míseras conjugações para cada verbo modal, já que os demais verbos ficarão na forma infinitiva mesmo.

Quer ver?

Então vamos fazer aqui o passo-a-passo do combo dessas duas dicas para você tirar a prova com seus próprios olhos

können

ich kann
du kannst
er·sie·es kann
wir können
ihr könnt
sie/Sie können

Preste atenção: nos verbos modais a conjugação da primeira pessoa e da terceira pessoa são sempre idênticas. Ou seja, você já mata dois coelhos com uma cajadada só.

Uma segunda vantagem: caso você tenha reparado com atenção, a conjugação do verbo na primeira (wir) e na terceira pessoa do plural (sie·Sie) é absolutamente idêntica à forma infinitiva! Eis aí mais uma economia inteligente que você faz com sua energia mental 😉

E, para a nossa alegria, a mesmíssima coisa acontece com os demais verbos modais. Confira:

müssen

ich muss
du musst
er·sie·es muss
wir müssen
ihr müsst
sie·Sie müssen

dürfen

ich darf
du darfst
er·sie·es darf
wir dürfen
ihr dürft
sie·Sie dürfen

wollen

ich will
du willst
er·sie·es will
wir wollen
ihr wollt
sie·Sie wollen

sollen

ich soll
du sollst
er·sie·es soll
wir sollen
ihr sollt
sie·Sie sollen

Destravando a língua em alemão do jeito correto

Bem, espero que essas dicas possam te ajudar a desembestar a falar em alemão com mais fluência e espontaneidade!

De todo modo, vamos lembrar que estamos falando aqui de gambiarras, certo? Gambiarras que se prezam são eficientes porém feias. Muito feias. Porém, como elas acabam cumprindo bem sua função, existe um certo risco de ficar com o alemão “viciado” somente naquelas formas mais fáceis de memorizar.

Então, a gente vai combinar o seguinte: enquanto você ainda estiver nas fases iniciais de aprendizado, não precisa ter medo algum de recorrer às gambiarras. Mas isso vai ser só por um tempo determinado até você conseguir ganhar mais autonomia e ir sofisticando aos poucos sua desenvoltura linguística em alemão, tudo bem?

Como falar com mais fluência em alemão?

E você, tem algum truque ou alguma dica para destravar a língua em alemão e falar com maior fluidez?

Então divida com a gente aqui nos comentários!

Vamos transformar esse post em um grande repositório de truques para todo mundo conseguir perder a timidez de falar em alemão! Estou ansioso para escutar os teus insights 😉

One thought on “Gambiarras linguísticas para destravar a língua em alemão”

  1. Opa, grandes dicas. Lerei com cuidado e atenção! Ajudarão inclusive caras como eu, que de alemão, só sabem agradecer dizendo “Vielen Dank” e olhe lá, hehehe!!

Deixar uma resposta