maria vai com as outras

Como fala Maria vai com as outras em alemão

A infância acaba, a adolescência passa, mas a necessidade de aprovação do grupo fica. E justo a língua alemã, conhecida por palavras quilométricas, tem um termo bem menor para Maria-vai-com-as-outras.

Homem barbado sem opinião que só vai atrás da modinha é chamado de »Maria« em português. Em alemão, tudo é mais democrático e simples. Por ironia, o alemão tem uma palavra bem mais curta dessa vez:

[der] Mitläufer

Ao pé da letra, Mitläufer seria algo como »alguém-que-corre/anda-junto«.

Dá para ver que as expressões nas duas línguas são quase idênticas, exceto pela relação meio suspeita com a figura feminina »Maria« (como acontece também no caso da »Maria-chuteira«).

Quer ver a palavra na vida real?

Olha só o título desse teste de personalidade de um desses sites especializados em atiçar a curiosidade das pessoas sobre si mesmas.

Maria vai com as outras
»Você é Maria-vai-com-as-outras?« 
[Fonte: Testedich]
No fórum do Gute Frage, uma pessoa aflita quer saber se dá para encontrar novos amigos sem ser Maria-vai-com-as-outras. A pergunta parece boba e coisa de adolescente, mas pensa aí se não é difícil evitar isso – pelo menos no começo …

comportamento de grupo

[Fonte: Gute Frage]

Pensando assim, Mitläufer parece ser o oposto do Einzelgänger/Einzelkämpfer – aquele que luta sozinho e sempre age por si.

Em Marketing, é muito comum também se falar em Mitläufereffekt  algo como »Efeito Maria-vai-com-as-outras«.

É o que acontece quando todos os consumidores optam por uma marca específica só porque  »todo mundo compra« – e não necessariamente pela qualidade supetior do produto.

Quem tem um alemão mais treinado, pode conferir a definição dada pelo portal de carreira e negócios OnPulson. Além de praticar o alemão, dá para aprender por que a tal da mão invisível econômica não é tão razoável assim:comportamento de massa

[Fonte: OnPulson]

Nas discussões sobre o período nazista, o termo Mitläufer é usado com frequência para designar aquelas pessoas que, mesmo não tendo se envolvido ativamente com as graves violações do regime, também não se opuseram a ele.

Como fala conivência em alemão
[Fonte: Die Stern]
O Mitläufer não toma uma atitude com consciência, mas sim porque quer apenas pertencer à maioria. Quem assistiu o filme Die Welle [»A Onda« na versão brasileira], vai reconhecer essa situação sem esforço. Quem não assistiu, não sabe o que está perdendo!

No enredo do filme, apenas um pequeno grupo de estudantes assume uma postura de resistência.

Um único estudante toma atitudes por convicção pessoal.

Os demais alunos querem apenas se integrar ao grupo e concordam com as decisões apenas para pertencer a maioria – típica atitude de Mitläufer.

Filme alemão: A onda

Olhando as coisas assim de longe, é fácil acusar o Mitläufer de não ter tomado uma posição firme. Mais difícil é reconhecer o quão pesada é a pressão do grupo. Às vezes, não se deixar levar pela onda exige coragem.
Muita.

o homem que se recusou a saudar Hitler
[Fonte: Wikimedia]
Em alemão, há também outra expressão bem curiosa para designar esse comportamento de grupo. Quando a pessoa faz tudo o que as outras também fazem, você pode dizer:

wie die Lemminge handeln

Literalmente, a expressão seria algo como »agir como os lemmus«.

Pois é, eu também não tenho a menor ideia do que seja um »lemmus« em português. Como a tradução em português não ajuda muito nesse caso, é mais simples ver com os próprios olhos. Os Lemminge são esses pequenos roedores parecidos com ratinhos selvagens que sempre aparecem nos cartuns do Nicht Lustig.

Lemminge
[Fonte: Nicht Lustig]
Achou curioso?

Então olha só como a expressão aparece nessa chamada de notícia do Die Welt, criticando o comportamento »Maria-vai-com-as-outras» dos investidores:

Comportamento dos investidores
»Investidores agem no novo mercado como lemmus«
[Fonte: Die Welt]
E já que o assunto é falta de personalidade, há também uma outra palavra em alemão que você precisa aprender:

der Knecht

Em português simples e direto, é o famoso »capacho«. Originalmente, a palavra designava um aldeão ou servo da Idade Média. Hoje em dia, ela é usada só para se referir a pessoas de obediência excessiva mesmo.

Memes em alemão
No mundo da zuêra germânica, o Boromir lamenta que você é um capacho
[Fonte: Memegen]
Do grande clã de Maria-vai-com-as-outras, submissos, obedientes e sem personalidade própria, um tipo muito específico foi consagrado pelas gírias de adolescentes alemães. É o chamado

[der] Fotzenknecht

Sabe aquele cara que só faz tudo o que a namorada quer e acaba abrindo mão da própria vida? Pois então, é exatamente isso o Fotzenknecht.

Literalmente, Fotzenknecht seria traduzível como »capacho de pepeka«. A única diferença é que você precisaria substituir »pepeka« pela palavra mais chula que você tiver no teu vocabulário.

como fala capacho em alemão
»Usar um anel do Crepúsculo, apesar de ter dito para a namorada que acha o filme uma merda«
[Fonte: Superslang]
Para terminar,  aí vai um ditado popular bem comum na Alemanha para você sair usando e impressionar por aí:

Nur tote Fische schwimmen mit dem Strom

Em tradução literal, seria algo como »Apenas peixes mortos nadam com a corrente«.

Apenas peixes mortos vão com a maré
[Fonte: Spread Shirt]

E aí, gostou?

Então por que você não espalha esse post para todo mundo? Se você for o primeiro a compartilhar, ninguém vai poder te acusar de Maria-vai-com-as-outras!

Maria vai com as outras em alemãoContribua!

Ajude o Germanofonia a continuar facilitando a sua vida e de toneladas de estudantes de alemão pelo mundo afora!

 

1 comentário a “Como fala Maria vai com as outras em alemão”

Deixe um comentário!